quinta-feira, 31 de janeiro de 2008

Fada

É ridicula esta mania de que as fadas são só para as meninas de tenra idade, as sonhadoras de vão de escada, as equilibristas de um qualquer manicómio...
Porque não, de quando em vez, acreditar numa fada que nos leve pela mão e nos transporte para um caminho mais brilhante, um terreiro mais saudável, um jardim menos politizado?!
Se a minha fada estiver a ler-me achará que não tomei os comprimidos ou que lhe roubei a varinha mágica para fazer uma espécie de "puré" de emoções de crocodilo... Mas não, custa-me ver o quão importante é ter-se algo que nos ajude a levantar a mão e gritar: "- Estou aqui! Lembras-te de mim?!"
Sem o assumir, muitos homens de bigode, desejam que as fadas não sejam meros jogos imaginários e perversos servidos em bandejas à custa de um cartão de crédito... Tomaram os homens (inclusive os que não o são!) ter uma fada que os guiasse por eles mesmos para lhes mostrarem o quanto perdem em não acreditar neles mesmos, ao contrário do que anunciam... é que a fada ou o que quer que lhe chamem existe dentro de cada um de nós, e o seu nome é feminino apenas por uma questão de masculinidade exacerbada... Reparem que; em situações de aflicção, o único nome feminino porque apelam é... Mãe.

6 comentários:

♥Coragem disse...

Eu adoro fadas, duendes e anjos. Acreditei sempre ser a minha ainda meninice que me puxava para esse gostar...Mas afinal gosta-se porque sim, não sendo apenas a nossa parte ilosória que assumia o comando. Concordo que é uma forma de sonho, fantasia, aquela que geralmente nos é retirada pela parte mais real desta enfadonha vida.
Também acho, que as fadinhas,(ao dizer isto lembrei a Floribela lol) podem ser outra qualquer criatura dete mundo terreno.
Como um amor, um filho, ou mesmo a Mãe.
Homens!!! Pois, sem o assumir, vivem (precisam)muito mais no mundo da fantasia, do que outro ser humano qualquer.
Beijo


(Xi hoje na lhe deslargo os blogues lol)

Olá!! disse...

Uma "fada" deixou um mimo para ti no meu blog...
Surpreendente este Talvez...
Beijosssssss

Manuela disse...

Todos nós bem lá no fundo temos a noção da "fada madrinha", vinda dos contos da nossa infância...
Alguns de nós passam pela vida e crescem de tal forma que se esqueçem de pequenas coisas tais como esta mas que faz parte da vida...
É a tal criança que todos temos cá dentro apenas teimamos em esconder.
Quanto ao sexo é feminino porque a mulher por norma é mais doce e é Mãe... só por isso.
Um beijo Francisco

Teardrops disse...

Gostei de te ler aqui, neste teu lado mais doce... Ooopss, espero não ter ferido a tua masculinidade :D

Como eu gostaria de ter agora uma varinha de condão... ou mesmo de ser tocada por uma, nem imaginas...

Um beijo

MIMO-TE disse...

Vejo que chegas muito inspirado.:)
Pois eu adorava ser uma fada mágica que conseguisse colocar sorrisos puros, palavras sentidas, olhares profundos. Sabes aquele olhar que temos quado estamos muito aflitos a tremer de medo e a necessitar de alguém? Sim esse que é verdadeiro... queria velo todos os dias e em todos os olhares, mas podia ser a sorrir. Humm... que bom que seria poder ser uma fada!!! :)))

Bjo em ti
Mimo-te

vsuzano disse...

fadas? bruxas? não acredito, mas que andam por aí .... andam...

abraço