quinta-feira, 7 de fevereiro de 2008

O "sinto".

Cá está uma imagem das muitas que circulam pelos e-mails encadeados que despertou a minha atenção... Examinem bem.
Já está?!?
Então agora falemos um pouco das cuecas de castidade que foram "lei" ao longo de séculos. E hoje será que ainda existem? Devem custar "os olhos da cara" mas, estou certo que ainda funcionam como "cofre forte" para muitas jóias de coroa descartável.
Numa sociedade cada vez mais virada para o sexo dos "demónios" há quem brinque com estas coisas sérias e, se calhar, bem. Porque o sexo (fiel!) não está nas cuecas, calcinhas ou ausência delas mas sim na mente de quem as "usa".
Por isso é que; mais do que um usarname falso, uma password paga a peso do "couro" ou um "tecido inviolável", há que valorizar o sentir em vez daquilo que a "publicidade oferece".
A oferta é cada vez mais forte, aguerrida, convincente e sem olhar a pormenores cativantes... Por isso, no meu caduco entender, sorte têm os que resistem às "falsificações" em prol do "sinto" de qualidade, e sem recurso ao "aloquete" da desconfiança.

3 comentários:

MIMO-TE disse...

E agora :))) olha que tema!!!! :))

Se eu comentar vão dizer que estou ultrapassada... :)))

Tens razão, pronto!!!

Bjo
Mimo-te

Lovely Miss D disse...

Também já conhecia e gostava de ter umas para mim!

Olá!! disse...

Não preciso de "cuecas" dessas... há anos que uso o mesmo "mail" e "psw" e quem me conhece sabe que sou limpinha e lavo bem a roupa interior.... também passo a ferro quando é preciso...
Beijo FM